Rosângela Rennó

Rosângela Rennó nasceu em Belo Horizonte, em 1962, e vive no Rio de Janeiro. Formou- se em artes plásticas, pela Escola Guignard e em arquitetura, pela UFMG, e é doutora em artes pela Escola de Comunicações e Artes da USP. Sua obra é marcada pela apropriação de imagens descartadas, encontradas em mercados de pulgas e feiras, e pela investigação das relações entre memória e esquecimento. Em suas fotografias, objetos, vídeos ou instalações, trabalha com álbuns de família e imagens obtidas em arquivos públicos ou privados. Dedica-se também à criação de livros autorais. Em 1994, participou da 22ª Bienal Internacional de SP e, em 2003, da Bienal de Veneza. Em 2013, ganhou o prêmio Paris Photo de melhor livro fotográfico. Realizou várias exposições individuais, inclusive na Fundação Gulbenkian, Lisboa, Fotomuseum, em Winterthur, em 2012, e Photographers’ Gallery, em Londres, 2016. Seus trabalhos estão em alguns dos principais museus de arte moderna do mundo, como o Reina Sofia, em Madri, o Tate Modern, em Londres, o Arts Institute of Chicago, o Guggenheim, em Nova York, e o Stedelijk, em Amsterdã.

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: