Jô Bilac

Jô Bilac nasceu em 1985 no Rio de Janeiro. Em 2006, formou-se pela Escola de Teatro Martins Pena. É autor premiado de várias peças e um dos criadores da série Segunda chamada (prêmio APCA de melhor série 2019), adaptação de sua peça Conselho de classe, publicada pela Editora Cobogó, para a TV. É autor das peças Infância, tiros e plumas e Os mamutes, esta premiada no Cesgranrio, Festival Internacional de Teatro, Shell, APTR e Aplauso Brasil 2019. As duas também fazem parte da Coleção Dramaturgia da Cobogó. Além destas, escreveu Savana glacial (Prêmio Shell), Fluxorama (indicada ao APCA), Beije minha lápide (indicada aos prêmios Shell, APTR e Cesgranrio), Pi – Panorâmica insana (Prêmio APCA) e Vênus Flytrap (Prêmio Performing Arts London), todas encenadas em cidades brasileiras e do exterior, como Bogotá, Londres, Nova York, Paris, Bolonha, Lisboa e Estocolmo. Seus textos foram publicados em diversos países da Europa, e América Latina. A peça Fluxorama foi editada pela Yale University, nos Estados Unidos. Bilac foi também curador de teatros no Rio de Janeiro, e atualmente é integrante da Cia Teatro Independente. Considerado um dos expoentes da nova dramaturgia brasileira, foi indicado ao prêmio Faz Diferença, do jornal O Globo, como personalidade do teatro em 2011 e 2013.

Livros

Hoje não saio daqui | I’m Not Leaving Here Today

R$ 36,00

Maratona de dramaturgia | Drama Marathon

R$ 48,00

Insetos | Insects

R$ 40,00

Os mamutes

R$ 32,00

Conselho de classe | School Council

R$ 36,00

jo-bilac

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: