Jac Leirner

Jac Leirner nasceu em 1961, em São Paulo, onde vive e trabalha. Formou-se em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), onde aproximou-se das experiências de vanguarda do início do século XX, da arte conceitual dos anos 1960 e da arte povera. Em sua obra, Leirner aproveita objetos de circulação massiva como cédulas de dinheiro, maços de cigarro e sacolas plásticas e os insere no circuito de arte em arranjos formais. A artista age como uma colecionadora, produzindo uma arqueologia especial, atenta às tipologias de objetos que a interessam pela associação que faz entre eles e pelas relações, por vezes até afetivas, que mantém com os mesmos, como estratégia de classificação. Em 2019, foi agraciada com o prêmio Wolfgang Hahn Prize, no Ludwig Museum, em Colônia, realizando, então, uma exposição individual nesse museu. No mesmo ano, apresentou uma individual no Ilmin Museum of Art, em Seul; em 2017, no Institutional Ghost, no Irish Museum of Modern Art (IMMA), em Dublin; e, em 2016, a exposição Jac Leirner: Borders Are Drawn by Hand, no Museum of Contemporary Arts of Shanghai, na China. Participou de diversas bienais, como as de São Paulo, em 1983 e 1989, Havana, em 2000, e Mercosul, em 2005 e 2015. Sua obra está presente em importantes acervos institucionais, como Centro Galego de Arte Contemporaneo, em Santiago de Compostela; Hirshhorn Museum and Sculpture Garden, em Washington DC; Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP); Museum van Hedendaagse Kunst, em Ghent; Phoenix Art Museum, em Phoenix; Solomon R. Guggenheim Museum e The Museum of Modern Art (MoMA), ambos em Nova York.

jac-leirner

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: