Gilberto Gil: Refavela

R$ 46,00

Obrigado! Enviado com sucesso.

Problema ao enviar, tente novamente.

O álbum Refavela nasceu em meio às turbulências dos anos 1970 com o desafio de promover o resgate da cultura afro-brasileira. Neste livro, Maurício Barros de Castro apresenta o contexto do país na época de ditaduras militares, lutas anticoloniais e protestos contra a segregação racial, e conta como Gil se inspirou, numa viagem à Nigéria, para criar um dos trabalhos mais importantes de sua carreira. Ainda que capture um instantâneo das manifestações culturais de sua época, o livro mostra como as questões levantadas por Gil em Refavela continuam atuais.

“Ouço ‘Refavela’ agora e penso que muitos caminhos apontados por Gil nos anos 1970 se mantêm em aberto. As relações contemporâneas entre Brasil e África permanecem pouco exploradas, a cultura da juventude negra carioca continua sendo criminalizada, o precário ainda articula processos artísticos dos dois lados do Atlântico” – Maurício Barros de Castro

Sobre o artista
Gilberto Gil, o baiano que diz ter sempre sabido que a música era sua linguagem e que ela o levaria a desbravar outras terras, é uma das maiores referências musicais do país. Começou sua carreira ainda nos anos 1950 e ganhou notoriedade nacional na década de 1960, em especial, pela sua participação e liderança no movimento da Tropicália. No início dos anos 1970, viveu exilado em Londres, durante a ditadura militar, período em que fortaleceu a influência de artistas estrangeiros em seu trabalho. Na volta ao Brasil, Gil deu continuidade a uma rica produção de discos, até os dias de hoje. Internacionalmente conhecido por sua inovação musical, foi vencedor de nove prêmios Grammy, tem quase sessenta álbuns lançados, com mais de quatro milhões de cópias vendidas, em que a música brasileira se mistura a infl uências de outros países e culturas, como o rock, o reggae e a música africana. Para além de seu importante trabalho como artista e músico, Gilberto Gil atuou também como embaixador da ONU e Ministro da Cultura do Brasil (2003-2008).

Sobre o autor
Maurício Barros de Castro é escritor, pesquisador, doutor em História pela USP, professor do Instituto de Artes e do Programa de Pós-Graduação em Artes da UERJ. É autor de Zicartola: política e samba na casa de Cartola e Dona Zica (2ª ed., 2013) e Estácio: vidas e obras (2013), com Bernardo Vilhena. Entre 2013 e 2014, viajou por nove países africanos para percorrer os lugares de memória da escravidão na África, uma aventura que resultou no livro Do outro lado (2014), com Ana Maria Gonçalves e Cesar Fraga. Também participou da coletânea de crônicas O meu lugar (2015), organizada por Luiz Antônio Simas e Marcelo Moutinho.

Sobre a coleção
A coleção O Livro do Disco foi lançada em 2014, pela Cobogó, para apresentar aos leitores reflexões musicais distintas sobre álbuns que foram, e são, essenciais na nossa formação cultural e, claro, afetiva. A cada título lançado, o leitor é convidado a mergulhar na história de discos que quebraram barreiras, abriram caminhos e definiram paradigmas. O Livro do Disco é para os fãs de música, mas é também para quem deseja um contato mais aprofundado, porém acessível, com o contexto e os personagens centrais de trabalhos que marcaram a história da música. Em tempos de audição fragmentada e acesso à música via plataformas de streaming, (re)encontrar esses discos em sua totalidade é uma forma de escutar o muito que eles têm a dizer sobre o nosso tempo.

Ficha Técnica
Coleção O Livro do Disco
Artista Gilberto Gil
Autor Maurício Barros de Castro
Idioma Português
Páginas 112
ISBN 9788555910364
Capa Radiográfico
Encadernação Brochura
Formato 13 x 19 cm
Ano 2017

Gilberto Gil: Refavela | Gilberto Gil: Refavela
Gilberto Gil: Refavela | Gilberto Gil: Refavela
Gilberto Gil: Refavela | Gilberto Gil: Refavela
Gilberto Gil: Refavela | Gilberto Gil: Refavela
Gilberto Gil: Refavela | Gilberto Gil: Refavela
Gilberto Gil: Refavela | Gilberto Gil: Refavela

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: