Paula Trope

Paula Trope nasceu no Rio de Janeiro, em 1962, onde vive e trabalha. Graduou-se em Cinema pela Universidade Federal Fluminense e tornou-se mestre em Técnicas e Poéticas em Imagem e Som pela Universidade de São Paulo. Integrou o corpo docente da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro, entre outras instituições. Ainda hoje, atua como professora, sendo a experiência educativa importante na pesquisa que empreende. Dentre outras realizações, a artista desenvolve projetos de caráter dialógico, em situações de crise comunicacional. Infância e juventude tomam lugar de destaque, como na série com meninos de rua, nas trocas entre crianças brasileiras e cubanas e com os jovens do Morrinho. O objetivo é vivenciar a descoberta da fotografia como exercício subjetivo emancipatório. As imagens são realizadas com pinholes, aparato mínimo improvisado, mas que mantém a função essencial da câmera como ferramenta de entendimento do mundo. A precariedade técnica se torna elemento estético e reflete as condições em que as imagens são realizadas

Livros

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: