Denise Ferreira da Silva

Denise Ferreira da Silva nasceu em 1963, no Rio de Janeiro. Atualmente, vive e trabalha em Vancouver. É diretora e professora titular do Instituto de Justiça Social da University of British Columbia, instituto de pesquisas sobre gênero, raça, sexualidade e justiça social. Sua trajetória acadêmica inclui passagens pela Universidade da Califórnia, em San Diego, e pela Universidade Queen Mary, em Londres. Filósofa, escritora e artista, sua prática acadêmica e artística aborda os desafios ético-políticos do presente globalizado. É autora de A dívida impagável (Oficina de Imaginação Política e Living Commons, 2019), Toward a Global Idea of Race (University of Minnesota Press, 2007) e coeditora, juntamente com Paula Chakravartty, de Race, Empire, and the Crisis of the Subprime (Johns Hopkins University Press, 2013). Ferreira da Silva também publicou artistas em revistas como Canadian Art, Texte Zur Kunst e E-Flux. Sua obra artística inclui os filmes Serpent Rain (2016) e 4 Waters: Deep Implicancy (2018), em colaboração com Arjuna Neuman. A artista desenvolve, ainda, práticas de arte relacional como Poethical Readings and Sensing Salon, em colaboração com Valentina Desideri, além de ter realizado exposições, performances e palestras em instituições como o Centre Georges Pompidou, em Paris, a Whitechapel Gallery, em Londres, o Masp, em São Paulo, o Solomon R. Guggenheim Museum e o Museum of Modern Art (MoMA), ambos em Nova York. Ferreira da Silva escreveu ensaios para as publicaçães de eventos de arte, como a Bienal de Liverpool, de 2017; a Bienal de São Paulo, de 2016; a Bienal de Veneza, de 2017; e a Documenta 14, de 2017.

Livros

denise-ferreira-da-silva

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: