Aimé Césaire

Aimé Césaire nasceu em Basse-Pointe, Martinica, em 1913. Poeta, dramaturgo, ensaísta e político, fervoroso defensor das raízes africanas e militante anticolonialista, Césaire foi um dos escritores mais importantes do século XX. Ainda jovem, chegou a Paris para fazer seus estudos em 1931. Em 1934, fundou com outros estudantes o jornal L’étudiant noir [O estudante negro], no qual formulou pela primeira vez o conceito de negritude, que definiu como uma “busca dramática” pela identidade negra. Em 1935, começou a escrever o Caderno de um retorno ao país natal, publicado em 1939, antes de voltar para a Martinica, onde se tornou professor de Letras e, alguns anos depois, entrou para a política. Césaire foi eleito prefeito de Fort-de-France (1945-2001) e deputado da assembleia nacional francesa pelo Partido Comunista Francês (PCF). Em 1957, decepcionado com o PCF, que negligenciou questões antilhanas, fundou o Partido Progressista Martiniquês, pelo qual se manteve deputado até 1993. Ao mesmo tempo que trabalhou numa atividade política contínua, nunca se apartou de sua verve literária, publicando ininterruptamente ao longo da vida. Sua obra foi traduzida mundo afora. Morreu em Fort-de-France em 2008.

aime-cesaire

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: