Wlademir Dias-Pino

Wlademir Dias-Pino nasceu em 1927, no Rio de Janeiro, e faleceu em 30 de agosto de 2018. O poeta e artista gráfico passou a juventude em Cuiabá, para onde a família se transferiu, em 1936, em consequência da perseguição política da época. Editou seu primeiro livro, OS CORCUNDAS, com 12 anos, na gráfica de seu pai. Aos 21 anos, ainda em Cuiabá,fundou o movimento literário de vanguarda Intensivismo, que já antecipava tendências da poesia visual e das artes plásticas das décadas seguintes. De volta ao Rio em 1952, participou de grupos de vanguarda política e cultural e foi um dos fundadores do movimento Poesia Concreta, juntamente com Décio Pignatari, Ferreira Gullar, Haroldo de Campos, Augusto de Campos e Ronaldo Azevedo. Depois de participar da I Exposição Nacional de Arte Concreta, em 1956, tornou-se o primeiro autor a elaborar o conceito de livro-poema, com A AVE. O livro-poema tem como ideia explorar as características físicas do objeto livro como parte integrante do poema. Em A AVE, Dias-Pino introduziu, entre outras inovações, a perfuração, a cor, a transparência, além de gráficos como indicadores de leitura. Entre seus inúmeros livros, além de A AVE, de maior repercussão e inovação, estão SOLIDA e NUMÉRICOS. Em 2016, Dias-Pino ganhou uma retrospectiva no Museu de Arte do Rio (MAR), com mais de 800 peças.

wlademir-dias-pino

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: