Rem Koolhaas

Rem Koolhaas nasceu em Roterdã, Holanda, em 1944. Passou parte da infância e da adolescência na Indonésia (1950-56) e em Amsterdã (1958-62). Trabalhou como jornalista no Haggse Post e como escritor de roteiros cinematográficos, antes de estudar arquitetura na Architectural Association School, em Londres, de 1968 a 1972. Em 1972, ganhou a bolsa Harkness para pesquisa nos Estados Unidos, indo estudar na Universidade Cornell, onde adquiriu experiência prática com o arquiteto pós-modernista Oswald Mathias Ungers. Em 1975, formou o OMA (Office for Metropolitan Architecture) com sua mulher, a pintora Madelon Vriesendorp, e o casal de arquitetos Zoe e Elia Zenghelis, com o objetivo de pesquisar as relações entre a arquitetura e a situação cultural contemporânea. Em 1980, Koolhaas montou um escritório de arquitetura em Roterdã com seu antigo sócio, Reinier de Graaf. Koolhas é autor de Delirious New York Nova York delirante, um dos mais influentes livros de arquitetura, S, M, L, XL (1995), entre outros. Desde 1990, leciona na Universidade Harvard, no curso de Design. O arquiteto foi responsável por construções como a Casa da Música, em 2001, na Cidade do Porto, um edifício de 12 andares, dedicado à formação artística e de criação, mas também ao encontro de artistas de todos os estilos. Projetou também o Lille Grand Palais, na França, um espaço único para congressos e convenções de 45.000m2 que se transforma em função das necessidades; a embaixada da Holanda, em Berlim, o Teatro de Dança de Scheveningen, na Holanda, entre outras construções. Recebeu o Prêmio Pritzker, em 2000, e o Praemium Imperiale, em 2003. Rem Koolhaas foi o vencedor do Royal Gold Medal de 2004, premiação organizada pelo Royal Institute of British Architects (Riba).

Livros

Hans Ulrich Obrist – Entrevistas vol. 3 BOOK FRIDAY
rem-koolhaas

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: