Raquel Barreto

Raquel Barreto é historiadora, formada pela Universidade Federal Fluminense. Mestre em História Social da Cultura, pela PUC-Rio, especialista em Fotografia como Instrumento de Pesquisa nas Ciências Sociais, pela UCAM, e em Literatura Contemporânea Hispano-americana, pela UNAM/México, e doutora pela UFF. Lecionou na UNAM (México) e na Universidad del Claustro de Sor Juana (México). É pesquisadora especializada no trabalho das autoras Angela Y. Davis e Lélia Gonzalez, tendo escrito a dissertação Enegrecendo o feminismo ou feminizando a raça: Narrativas de libertação em Angela Davis e Lélia Gonzaléz. No doutorado, desenvolveu uma pesquisa a respeito do Partido dos Panteras Negras e as relações entre visualidade, política e poder. Em 2017, colaborou com a exposição Todo Poder ao Povo – Emory Douglas e os Panteras Negras, no Sesc/Pinheiros, em São Paulo. Em 2018, participou do projeto de publicação independente dos livros de Lélia González e Beatriz Nascimento, produzidos pela UCPA (União dos Coletivos Pan Afrikanos). É autora de artigos publicados em revistas de circulação nacional, como a Revista Cult e o Suplemento Literário de Pernambuco. Participou também do livro monográfico Arjan Martins, publicado pela editora Cobogó em 2021.

raquel-barreto

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: