Adinkra – Sabedoria em símbolos africanos

R$ 56,00

Obrigado! Enviado com sucesso.

Problema ao enviar, tente novamente.

Adinkra – Sabedoria em símbolos africanos reúne os ideogramas da escrita da civilização asante, cujo povo habita o território que hoje chamamos de Gana. Em um universo filosófico e estético baseado no corpo humano, figuras de animais, plantas, astros e outros objetos, os desenhos incorporam, preservam e transmitem aspectos da história, filosofia, valores e normas socioculturais dessa rica cultura africana.

O livro apresenta mais de 80 símbolos acompanhados por significados, provérbios e simbologia originais. Mais do que uma homenagem a essa ancestralidade, a obra ajuda a fundamentar uma nova articulação da identidade brasileira.

Como celebra o escritor, compositor e cantor Nei Lopes, em texto para o volume, “E assim como o kra é muito mais que a “alma”, um adinkra é muito mais que um símbolo gráfico. Então, através deste belo acervo, reunido e redesenhado por Elisa Larkin e Luiz Carlos Gá, em momento tão oportuno, a África parece vir dizer aos que a menosprezam e humilham, depois de tudo o que dela já fruíram, este provérbio acã: ‘Se a floresta te abriga, não a chame de selva’”.

A edição conta ainda com o prefácio do professor, historiador e cientista político ganês Anani Dzidzienyo e um ensaio da pesquisadora e artista plástica Renata Felinto sobre os adinkra e os paradigmas não europeus de registro das historicidades.

Sobre os organizadores
Elisa Larkin Nascimento, mestre em direito e em ciências sociais pela Universidade do Estado de Nova York e doutora em psicologia pela USP (Universidade de São Paulo), dirige o Ipeafro (Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-Brasileiros). Idealizou e organizou o curso “Sankofa: Conscientização da cultura afro-brasileira” na PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) e na Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). É curadora do acervo de Abdias Nascimento e autora de O sortilégio da cor (2003) e Sankofa: Matrizes africanas da cultura brasileira, 4 vols. (2008-2009).

Luiz Carlos Gá é artista plástico, bacharel em design gráfico pela Escola de Belas Artes da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Foi professor de design gráfico na Escola de Artes Gráficas do Senai, na Escola de Belas Artes da UFRJ, nas Faculdades Integradas Silva e Souza e na Universidade Estácio de Sá. Integra várias organizações do movimento social afro-brasileiro e foi presidente do Conselho Executivo do IPDH (Instituto Palmares de Direitos Humanos).

Sobre a coleção
A coleção Encruzilhada pretende construir um panorama de títulos de autores nacionais e estrangeiros que abarcam temas contemporâneos, como o antirracismo, os feminismos e o pensamento decolonial. Com coordenação de José Fernando Peixoto de Azevedo, doutor em Filosofia e professor da ECA/USP, a coleção apresenta autores que refletem o presente buscando lançar luz sobre como os processos, na medida em que são enfrentados, compreendidos e transformados, mudam a percepção histórica.

Ficha Técnica
Organizadores Elisa Larkin Nascimento e Luiz Carlos Gá
Coleção Coleção Encruzilhada
Coordenador da coleção José Fernando Peixoto de Azevedo
Idioma Português
Número de páginas 160
ISBN 978-65-5691-076-5
Capa Thiago Lacaz
Encadernação Brochura
Formato 14 x 21 cm
Ano de publicação 2022

IPEAFRO

Adinkra – Sabedoria em símbolos africanos
Adinkra – Sabedoria em símbolos africanos
Adinkra – Sabedoria em símbolos africanos
Adinkra – Sabedoria em símbolos africanos
Adinkra – Sabedoria em símbolos africanos
Adinkra – Sabedoria em símbolos africanos

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: