Karlheinz Stockhausen

Karlheinz Stockhausen nasceu em Mödrath, em 1928, e morreu em 2007, em Ketterberg, na Alemanha. Em 1945, após ter perdido os pais durante a guerra, Stockhausen se mudou para Colônia, onde trabalhou como pianista em pequenos bares. Entre 1947 e 1951, estudou música na Universidade de Colônia, e em seguida frequentou cursos de serialismo musical em Darmstadt com Olivier Messiaen. Em 1952, foi selecionado para o Conservatório Nacional de Música de Paris e estudou com Pierre Boulez. Durante os anos 1960, Stockhausen participou do grupo Fluxus de arte e performance, e trabalhou com artistas como Nam June Paik e Allan Ginsberg. Também criou o seu “grupo Stockhausen”, para performances musicais eletrônicas. Sua maior retrospectiva foi realizada no Japão, em 1970, na Exposição Mundial de Osaka. No ano seguinte, foi nomeado professor de composição no Conservatório de Colônia. Em 1977, Stockhausen compôs a obra de teatro musical mais longa da história da música: Licht [Luz], que tem 29 horas de duração e é dividida em sete partes, para se ouvir ao longo de uma semana. Nessa época, começou a utilizar sintetizadores e a explorar novas formas de composição através da música eletrônica. Em 1985, criou uma editora, a Stockhausen-Verlag, que mais tarde passou a funcionar também como gravadora. Em 1996, foi homenageado com um título de doutor honorário pela Universidade Livre de Berlim e em 2004 recebeu outro título de doutor pela Queen’s University de Belfast. Recebeu, ainda, prêmios importantes como a “Medalha de Mérito Alemã”, o “Prêmio de Música Siemens”, a “Medalha Picasso” da UNESCO, e em 2001 o “Polar Music Prize”.

Livros

Hans Ulrich Obrist – Entrevistas vol. 6 BOOK FRIDAY
karlheinz-stockhausen

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: