Jeff Koons

Jeff Koons nasceu em 1955, em York, na Pensilvânia, Estados Unidos. Estudou arte e design no Maryland Institute College of Arts, em Baltimore, e na School of the Art Institute, de Chicago, antes de se instalar em Nova York, onde vive. Desde o início de seu trabalho, revelou a preocupação de “tratar de coisas com as quais todo mundo pode criar um vínculo”, e a partir de 1977 começou a produzir obras segundo o princípio do readymade, especificamente os primeiros Inflatables, brinquedos infláveis de plástico representando flores e coelhos. Seus aspiradores e shampouineuses – máquinas de lavar carpetes – iluminados por lâmpadas fluorescentes e encaixotados em acrílico foram intitulados The New [O novo] e expostos pela primeira vez em 1980 no The New Museum of Contemporary Art de Nova York. Em 1985, expôs Equilibrium Tanks [Tanques de equilíbrio], apresentando bolas de basquete perfeitamente suspensas em líquido, um projeto para o qual consultou vários físicos. No ano seguinte, criou Luxury and Degradation [Luxo e degradação], uma série representando objetos associados ao álcool moldados em aço inoxidável, acompanhados de imensos cartazes publicitários sobre bebidas alcoólicas. Koons participou da bienal do Whitney Museum em Nova York, em 1987. No mesmo ano, a Saatchi Collection apresentou em Londres sua escultura Rabbit [Coelho], na exposição New York Art Now [Arte de Nova York agora]. Em 1988, apresentou a série Banality [Banalidade], que inclui esculturas de figuras cult – a pantera cor-de-rosa, Buster Keaton e Michael Jackson. Em suas mãos, os objetos mais banais ultrapassam o estágio da serialidade e do comum para tornarem-se verdadeiros ícones. Os primeiros quadros de Made in Heaven [Feito no paraíso], com o próprio Jeff Koons e sua ex-mulher, Ilona Staller (La Cicciolina), em evidência, foram expostos na Bienal de Veneza, em 1990. Na Documenta 9, em Kassel, em 1992, Puppy [Cãozinho], sua escultura monumental de flores com mais de onze metros foi instalada diante do castelo de Arolsen, na Alemanha, e posteriormente instalada diante do Guggenheim de Bilbao, na Espanha. Recentemente, Jeff Koons teve exposições retrospectivas em diversos museus, entre eles o Astrup Fearnley Museet for Moderne Kunst, em Oslo (2005), e o Museum of Contemporary Art de Chicago (2008). Em 2009, Koons teve sua primeira grande mostra em Londres, na Serpentine Gallery.

Livros

jeff-koons

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: