Gilberto Gawronski

Gilberto Gawronski (Porto Alegre, Brasil, 1962) é ator e diretor. Formou-se como ator na Casa das Artes de Laranjeiras – CAL. Entre as peças em que atuou e fez a direção estão Dama da noite (1988/98), Uma estória de borboletas (1990), Na solidão dos campos de algodão (1996), Medida por medida (2009), Dona Otília e outras histórias (2010), Ato de comunhão (2012) e 2 x matei (2014). Dirigiu e fez a cenografia de À beira do mar aberto (1995), Por uma vida um pouco menos ordinária (2008), As próximas horas serão definitivas (2011), Nem um dia se passa sem notícias suas (2012), Ana não está (2013) e Bom crioulo (2015). Dirigiu os textos teatrais Piquenique no front (1992), Meu destino é pecar (2002), Patinho feio (1994), Toda donzela tem um pai que é uma fera (1991) e Mulher desiludida (2005) e a ópera Erwartung (2005). Recebeu o Prêmio Mambembe, em 1989 e 1996; o Prêmio Sharp, em 1998; o Prêmio Qualidade Brasil, em 2005; o Prêmio APCA, em 2006; o Prêmio Shell, em 2008; entre outros.

Livros

NN12 BOOK FRIDAY

R$ 36,00 R$ 18,00

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: