Frederico Morais

Frederico Morais (1936) e Wilma Martins (1934) nasceram em Belo Horizonte (MG). Casaram-se em 1959 e mudaram-se para o Rio de Janeiro em 1966. Frederico Morais é curador e crítico de arte, colaborou com artigos e ensaios para jornais e revistas especializadas no Brasil e no exterior. Foi o organizador de algumas das ações coletivas mais importantes das artes no Brasil, como Arte no Aterro e os Domingos da Criação. Publicou 39 livros sobre arte brasileira e latino-americana no Brasil, na Colômbia, no México e em Cuba. Entre os títulos estão Artes plásticas: a crise da hora atual (1975), Artes plásticas na América Latina: do transe ao transitório (1979), Chorei em Bruges (1983), O Brasil na visão dos artistas – A natureza e as artes plásticas (2001) e Marilia Kranz (2008). Realizou a curadoria de 67 exposições e eventos nacionais e internacionais, como a primeira Bienal do Mercosul, criada em 1996 como uma alternativa à Bienal de São Paulo.

Livros

frederico-morais

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: