Eryk Rocha

Eryk Rocha nasceu em 1978, em Brasília, vive trabalha no Rio de Janeiro. Cineasta, diretor de fotografia, roteirista e produtor de cinema, formou-se em 2002 na escola de cinema de San Antonio de los Baños, em Cuba, onde dirigiu seu primeiro longa, Rocha que voa. No mesmo ano, o filme foi selecionado para os festivais de Veneza, Rotterdam, entre outros, vindo a ganhar o prêmio de Melhor Filme no Brasil (Festival Internacional É Tudo Verdade), na Argentina (Festival de Rosário) e em Cuba (Festival do Novo Cinema Latino-Americano). Seus filmes têm larga presença em festivais de cinema nacionais e internacionais, tais como Cannes, Sundance, Nova York, Montevidéu, Guadalajara, Buenos Aires, Marselha e Amsterdam. Cinema Novo, de 2016, seu sétimo longa-metragem, recebeu o L’Oeil d’Or de Melhor Documentário no Festival de Cannes. Em 2019, Rocha lançou a ficção Breve miragem de sol, coprodução entre Brasil, França e Argentina, apoiado pelo prêmio de pós-produção da Aide Aux Cinema du Monde. O filme estreou internacionalmente no BFI Londres e recebeu, em 2019, os prêmios de Melhor Ator, Melhor Edição e Melhor Fotografia no Festival do Rio e o Prêmio Indie Lisboa de Melhor Longa-Metragem no Festival Panorama Internacional Coisa de Cinema, além do Prêmio Mostra Silvestre no Festival IndieLisboa, em 2020. Alguns de seus trabalhos foram adquiridos pelo Museum of Modern Art (MoMA), em Nova York, e integram a coleção permanente do museu.

Livros

eryk-rocha

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: