Arata Isozaki

Arata Isozaki nasceu em 1931, em Oita, no Japão. Estudou arquitetura na Universidade de Tóquio e logo após concluir a graduação, em 1954, começou a trabalhar com o arquiteto e urbanista Kenzo Tange. Em 1963, abriu seu escritório. Colaborou com artistas de vanguarda japoneses em exposições multidisciplinares e expôs na XIV Trienal de Milão de 1968 a obra Electric Labyrinth [Labirinto elétrico], que foi inteiramente destruída durante a ocupação da exposição, no Maio de 1968. Como arquiteto, Isozaki realizou projetos como o Museu de Arte de Kitakyushu (1972-74), a discoteca Palladium (1985-88), em Nova York, e o Gunma Museum of Art (1971-74). Recentemente, desenhou o Museu de História Natural de Hezheng (2008), na China, e a nova estação ferroviária de Bolonha (2008), naItália. Isozaki realizou diversas mostras, apresentandoretrospectivas do seu trabalho ou obras inéditas, como na exposição Arata Isozaki: Prints [Impressões], no Marugame Museum of Arts (2009). Ganhador de três prêmios da Associação Arquitetônica Japonesa e da medalha de ouro do RIBA (Royal Institute of British Architects), em 1986, é membro honorário do American Institute of Architects, da Bund Deutscher Architekten, da Academia Tiberina Italiana e da Royal Academy of Arts.

Livros

Hans Ulrich Obrist – Entrevistas vol. 5 BOOK FRIDAY
arata-isozaki

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: