Affonso Eduardo Reidy

Affonso Eduardo Reidy arquiteto e urbanista, nasceu em Paris, em 1909. Formou-se, em 1930, na Escola Nacional de Belas Artes (Enba), no Rio de Janeiro. Ainda estudante, foi estagiário do urbanista francês Donat Alfred Agache (1875-1934) na elaboração do Plano Diretor da cidade do Rio de Janeiro. Em 1930, após a tentativa de reorientação moderna promovida por Lucio Costa (1902-1998) no ensino da escola, ingressa como professor na cadeira de Composição de Arquitetura. Em 1931, vence, com Gerson Pompeu Pinheiro (1910-1978), o concurso para a construção do Albergue da Boa Vontade, seu primeiro projeto construído, e uma das obras pioneiras do modernismo no Rio de Janeiro.

Em 1936, Reidy integra a equipe que, sob a liderança de Lucio Costa, e a consultoria de Le Corbusier (1887-1965), realiza o projeto do Ministério da Educação e Saúde - MES, marco fundamental na história da arquitetura moderna brasileira. Em 1948, como diretor do Departamento de Urbanismo da Prefeitura do Distrito Federal, coordena o projeto de urbanização do Centro do Rio de Janeiro, que será base para o desenvolvimento posterior do Aterro e Parque do Flamengo, 1964. Sua dedicação ao tema da habitação social se traduz nos projetos dos conjuntos Habitacional Pedregulho, 1946, e Marquês de São Vicente, 1952. Se o segundo ficou incompleto e descaracterizado, o primeiro lhe valeu o 1º prêmio na Bienal Internacional de São Paulo, em 1953, e teve grande êxito dentro e fora do país.

O reconhecimento da sua obra é selado com o projeto do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ), 1953, que lança as bases do brutalismo arquitetônico no Brasil, sendo a primeira obra em concreto aparente no país.

affonso-eduardo-reidy

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse: